nutrição infantil

Sono do Bebê

Por Rachel Castro

Terapeuta do Sono do Bebê

Instagram: @rachelcastro.terapeuta

Ser mãe significa encarar desafios que poderia até se imaginar em ter como as noites mal dormidas, mas de repente você não imaginou o quanto isso poderia te afetar emocionalmente.

O cansaço vem com força, principalmente nos primeiros meses de vida do bebê, em que do dia para a noite você leva aquele serzinho totalmente dependente de você para casa. Nossa principal preocupação nestes dias é a alimentação e a higiene do bebê. Vivemos de camisola e cabeço desarrumado pela casa porque o bebê é nossa prioridade. Há mães que não querem pedir ajuda porque dizem que vão dar conta e muitas dão conta mesmo, mas não é vergonha nenhuma pedir uma ajuda para poder descansar um pouco.

 

EXTEROGESTAÇÃO

Este período do bebê vai desde o nascimento até mais ou menos os 3 meses de vida. Este período costuma ser o mais cansativo para a mãe, porque o bebê quer continuar no ambiente seguro que ele ficou 9 meses (lugar quentinho, apertado, com sucção a qualquer hora, com ruído contínuo do coração da mãe). Isso significa muito colo, mamar e carinho aqui fora. É importante dizer que nesta fase o bebê ainda não tem o ciclo circadiano formado; ou seja, a distinção entre dia e noite. Assim, o bebê pode acordar muitas vezes durante a noite, procurando a segurança. Tudo é muito novo para ele e reconhecer que a mãe tem um rosto é uma grande novidade.

 

ROTINA

Quando falamos de rotina para o bebê estamos falando em previsibilidade do dia e da noite e não horários fixos. Para um bebê recém-nascido, assim que a amamentação já estiver bem estabelecida já pode começar a ter uma rotina. O dia começa para o bebê quando abrimos a janela e deixamos a luz do sol entrar no quarto, sorrimos, cantamos e conversamos com ele, mesmo que ele ainda não entenda o que falamos, ele percebe o nosso tom de voz. Durante o dia será o período que ele vai ter estímulos, mamar e colo no tempo acordado. Quando sentir sono, fazemos o “desacelerar” (diminuir estímulos, falar com a voz mais baixa, fazer carinho, dar mamar ou ninar) para ele descansar. Muitos bebês resistem a isso porque estão conhecendo o mundo cheio de novidades, mas eles precisam das sonecas para dormir melhor à noite.

 

AMBIENTE DO SONO

O ambiente é um fator muito importante para que o bebê descanse, tanto na soneca, quanto no sono noturno de forma adequada. O sono do bebê deve ser em ambiente sem luminosidade, sem ruídos ou com ruído branco (mesma frequência) e em temperatura agradável. Quando falamos do ambiente é onde o bebê deve dormir para que consiga prolongar seu sono e que nada chame a atenção dele quando tiver um breve despertar. Por isso que o “desacelerar” é importante! Sem ele, o bebê percebe que está sendo colocado para dormir, resiste e chora podendo deixá-lo mais irritado. O bebê não quer dormir, mas precisa. O ambiente do “desacelerar” pode ser diferente do ambiente do sono mesmo que o bebê esteja dormindo no colo.

 

NOVAS HABILIDADES

O bebê vai crescendo com o tempo e o sono vai se ajustando porque ele permanece mais tempo acordado. Repare como o bebê vai ganhando habilidades conforme cresce e isso pode afetar um pouco o sono dele, mas é porque ele vai chamar pelo seu porto seguro, que é a mãe. O bebê vai passar a explorar cada vez mais este mundo e você vai se adaptando a cada dia a sua nova rotina. É um aprendizado em conjunto.

 

VOCÊ É IMPORTANTE

Saiba que você estar bem é muito importante não só para o bebê, mas também para sua família. Depois de conseguir conhecer a minha bebê, aprender a lidar com os desafios da maternidade e adaptar nossa rotina, tenho tempo para brincar com minha bebê, trabalhar e ficar com meu marido, e isto não tem preço.

 

Se quiser conhecer mais sobre o sono do bebê, pode acessar meu instagram @rachelcastro.terapeuta ou meu site www.rachelcastroterapeuta.com/.

O que as mães falam sobre o sono do bebê

“É a parte mais difícil da criação da minha filha, ela nunca quer dormir e isso estressa muito”

Anônimo

 

“É a primeira dica que dou para alguém que me conta estar grávida. Estude sobre sono e rotina do bebê, isso foi um divisor de agias pra mim!!! Eu não sabia  sobre janela de sono, quantidade de sonecas por idade, meus bebês demoravam 40min pra dormir, mesmo estando morrendo de sono. Quando li sobre isso e comecei a aplicar eles dormiam em 5 min dentro da janela de sono deles. Foi meu maior erro. Não ter estudado isso antes, depois sofri pra fazerem dormir no berço e não precisava ter passado por isso.”

Jamily

 

“Meu bebê não dorme bem. Ponto. Acho que os bebês são assim. Cada um do seu jeito. Ele dormia muito bem as sonecas mas o sono da noite eram com muitos despertares. Começou a dormir melhor (a noite toda ) depois de 1 ano e 7 meses. Mas uma coisa que eu tenho certeza que interfere tanto pro bem quanto pro mal… é a rotina. Até hoje ela interfere.”

Camila, mãe do Lucca e da Marina

 

‘Passei momentos difíceis pois minha bebê me chamava muito. E aos seis meses ela foi para o quarto dela. Minha filha foi dormir realmente bem aos 3 anos”

Sheila, mãe da Theodora

 

“Passei por isso sim, muita privação de sono nos primeiros meses de vida da minha filha e tomei a decisão de estudar o assunto com o bonde andando e acabei me especializando no assunto. Agora ajudo outras mães a terem um boa noite de sono.”

Rachel Castro, mãe da Bianca

 

“Foi e ainda é difícil. Hoje teria deixado o bebê chorar mais sozinho para aprender a se auto-regular.”

Leticia P, mãe da Helena

 

“O sono ainda está em adaptação aqui… teve fases de dormir super bem, acordar uma vez só, fases de acordar a cada 2-3 horas, mas foi tranquilo no geral. Ainda não dorme a noite inteira mas torço pra que ocorra logo.”

Anônimo

 

“Aqui foi bem tranquilo,  eu me preparei bastante durante a gravides, e tive ajuda de um grupo de no zap, a consultora me ajudou com várias dicas, tipo, fazer ele dormir no colo com almofada para não sentir muito a falta do corpo da mãe,  aqui deu super certinho.”

Juliana

“Nos primeiros meses minha filha acordava em média a cada 3 horas, a primeira perna sempre mais longa. Não achava tão caótico quanto tanta gente falava. Mas parecia que não evoluía, e pior, muitas vezes parecia que regredia. Até porque conforme ela crescia passava mais tempo no peito e a pressão de sono era menor. Com menos de 6 meses ela dormiu a noite inteira pela primeira vez. E teve uns 15 dias depois de noites muito boas, acordando uma vez só. Achei que era uma evolução, mas foi só uma fase, depois passamos mais quase 1 ano intercalando entre noites razoáveis, difíceis e MUITO difíceis. O sono melhorou substancialmente com 1 ano e meio, um pouco depois de ter feito o desmame (nos dias seguintes ao desmame foi caótico, só dormia no colo, por 2 semanas).”

Mariana, mãe da Luísa

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

loja de bebe da amazon

"Nunca conheceremos a nossa verdadeira força até o momento que nos tornamos mães"

Autor desconhecido

SOBRE NÓS

SOBRE NÓS

Eu Sou Mãe surgiu com a idéia de ser uma fonte de apoio e compartilhamento para as mães pelo mundo. Para as mães que passam ou passaram por momentos difíceis, se sentem sozinhas ou inseguras na sua dificuldade, esse é momento de se sentir acolhida. Mais do que informar, queremos compartilhar a experiência de diferentes mães por aí. E você, mamãe, terá a oportunidade de compartilhar a sua experiência também, ajudando as outras mães. Nós acreditamos que o ato de AJUDAR e COMPARTILHAR nos faz mais FORTES.

GALERIA DE FOTOS